Quarta, 20 de Outubro de 2021
22°

Muitas nuvens

Leme - SP

Tecnologia Tecnologia

Facebook enfrenta maior ‘blackout’ de sua história, aponta especialista

Usuários do Brasil e de diversos países estão desde o fim da manhã sem conseguir acessar seus perfis e fazer postagens

04/10/2021 às 17h44
Por: Rádio Leme FM Fonte: R7 - Lucas Ferreira, do R7
Compartilhe:

O Facebook enfrenta, nesta segunda-feira (4), a queda de sistema mais importante de sua história, aponta Arthur Igreja, especialista em tecnologia e segurança digital e professor convidado da FGV. Ele afirma que "blackouts" do sistema da empresa de tecnologia costumam ocorrer, mas nunca duraram mais de duas horas.

“[As quedas] já aconteceram várias vezes, mas normalmente o tempo de recuperação é de uma hora, no máximo duas horas. Nós estamos vivenciando algo que está ultrapassando esse tempo, então chama a atenção por não ser algo pequeno.”

Segundo Arthur, não há como indicar no momento o motivo exato para a queda das redes sociais do Facebook, mas especula possíveis falhas nos servidores.

“Nós podemos ter falha em alguma atualização, problemas nos servidores de sustentação — algo que já aconteceu outras vezes — e historicamente o problema mais comum, que é o problema de DNS.”

O DNS é uma espécie de agenda de contatos da internet, que assim como a agenda de telefones do nosso celular, dá nome aos números para facilitar a memorização dos dados. Quando abrimos uma aba no navegador e digitamos o endereço, automaticamente o sistema transforma aquelas palavras em uma sequência de números.

Quando há problema no DNS, o endereço do site não consegue encontrar o seu número correspondente, o que impede a página de ser carregada.

O especialista também não descarta a possibilidade de um ataque hacker, apesar de acreditar que esta possibilidade é extremamente remota.

Por que o Twitter é mais estável que o Facebook?

Para Arthur, a resposta é fácil: simplicidade. Enquanto o Facebook possui um ecossistema extremamente complexo, com Instagram, WhatsApp e outros sites, o Twitter por si só opera um universo menor.

“A amplitude e complexidade do Twitter é sensivelmente mais simples, se pudermos falar desta maneira. Já o Facebook tem todo esse mecanismo extremamente delicado, de muitos aplicativos dentro de um ecossistema que está todo entrelaçado.”

Ainda segundo Arthur, servidores reservas não mudariam a falha de hoje, já que o problema, provavelmente, se trata de rotas de acesso. Como exemplo, o especialista explica que a queda de hoje é como uma estrada bloqueada por um acidente, onde não há como atravessar.

Apesar da queda de 5% das ações do Facebook na bolsa norte-americana, Arthur destaca que o maior prejuízo com esta falha será de pequenos empresários que usam as redes sociais para fazerem seus negócios.

“O maior impacto acontece nos pequenos e médios negócios que aprenderam a usar essas ferramentas para poder tocar seus negócios, especialmente na pandemia, com todo mundo fazendo mais atividades profissionais remotas”, concluiu Arthur.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Veja também
Leme - SP Atualizado às 15h56 - Fonte: ClimaTempo
22°
Muitas nuvens

Mín. 15° Máx. 22°

Qui 26°C 14°C
Sex 29°C 15°C
Sáb 32°C 17°C
Dom 25°C 19°C
Seg 27°C 17°C
Horóscopo
Áries
Touro
Gêmeos
Câncer
Leão
Virgem
Libra
Escorpião
Sagitário
Capricórnio
Aquário
Peixes
Ele1 - Criar site de notícias