Segunda, 29 de Novembro de 2021
32°

Pancada de chuva

Leme - SP

Saúde Saúde

Vacina da Pfizer reduz em até 93% risco de Covid em adolescentes

Dados são do maior estudo mundial já conduzido sobre eficácia do imunizante em indivíduos de 12 a 17 anos

20/10/2021 às 22h35
Por: Rádio Leme FM Fonte: R7 - Fernando Mellis, do R7
Compartilhe:

O maior estudo global já conduzido sobre a eficácia da vacina da Pfizer/BioNTech em pessoas de 12 a 17 anos observou que ela é capaz de proteger em até 93% este público de desenvolver formas sintomáticas da Covid-19. Os resultados foram publicados nesta quarta-feira (20) no periódico científico The New England Journal of Medicine.

Pesquisadores do Clalit Research Institute, de Israel, e da Universidade de Harvard, nos Estados Unidos, analisaram dados de 94.354 adolescentes israelenses imunizados e outro número igual não imunizado.

O estudo foi realizado entre 8 de junho e 14 de setembro deste ano, justamente quando o país enfrentava um pico de infecções impulsionado pela variante Delta do coronavírus. Com isto, foi possível analisar também o efeito da vacina em relação a esta cepa.

A taxa de proteção de 93% contra casos sintomáticos de Covid-19 foi observada entre uma e três semanas após a segunda dose. Para os casos em que a infecção foi confirmada, a eficácia foi de 90%.

O grupo analisou ainda a taxa de proteção para quem tinha apenas uma dose. Neste caso, foi de 57%, o que eles consideram "substancial".

"Não havia dados suficientes para fornecer uma estimativa sobre a redução na incidência de doença grave, hospitalização e mortalidade, uma vez que esses desfechos são raros entre os adolescentes", dizem os autores do estudo em comunicado.

Israel foi o primeiro do mundo a iniciar a vacinação de adolescentes. Ainda em janeiro, jovens de 16 e 17 anos já estavam aptos a receber as doses. A imunização foi estendida em junho para o público acima de 12 anos.

Até então, os dados científicos disponíveis eram de um estudo patrocinado pela própria Pfizer com 1.983 adolescentes que foi usado para obter autorização de uso junto aos órgãos reguladores, inclusive a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária).

Aqui, a vacina da Pfizer está autorizada para uso em indivíduos de 12 a 17 anos desde 11 de junho. A aplicação, todavia, começou por decisão dos próprios estados.

Somente em 22 de setembro o Ministério da Saúde decidiu que adolescentes sem comorbidades poderiam ser vacinados.

A pasta chegou a divulgar uma diretriz contraindicando a imunização deste grupo, mas recuou.

Segundo dados do Ministério da Saúde, 10 milhões de adolescentes já receberam a primeira dose da vacina da Pfizer, enquanto 271 mil já concluíram o esquema vacinal.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Leme - SP Atualizado às 15h02 - Fonte: ClimaTempo
32°
Pancada de chuva

Mín. 19° Máx. 34°

Ter 25°C 19°C
Qua 30°C 18°C
Qui 30°C 17°C
Sex 29°C 15°C
Sáb 29°C 15°C
Horóscopo
Áries
Touro
Gêmeos
Câncer
Leão
Virgem
Libra
Escorpião
Sagitário
Capricórnio
Aquário
Peixes
Ele1 - Criar site de notícias