FUGA E MORTE
LEME: Após fugir da PM, motociclista causa acidente e jovem de 21 anos vem a óbito.
Garupa da moto, Beatriz de 21 anos faleceu ao dar entrada no hospital local.
14/03/2019 08h45Atualizado há 2 meses
Por: Rádio Leme FM
9.771
Reprodução/Rádio Leme FM
Reprodução/Rádio Leme FM

Por volta dás 19h00 da última quarta-feira (13), um grave acidente de trânsito com vitima foi registrado na região central da cidade de Leme.

Segundo informações do Capitão Roney, da Policia Militar de Leme, viaturas da Força Tática estavam em patrulhamento de rotina pelo bairro Primavera, quando avistou uma motocicleta XT660, que estava sendo utilizada por um casal com o farol apagado, em consulta pelo sistema, a placa do veiculo era de outra motocicleta, foi dado sinal de parada ao mesmo para realização de abordagem, porém o condutor da referida motocicleta não obedeceu e começou a evadir da viatura

O motociclista teria transitado por vários bairros da cidade e inclusive em sentidos contrários (contramão), quando no cruzamento das ruas Romão Alves Morales e Conego Manoel Simões de Lima com a avenida Sete de Setembro, veio a colidir de frente com um veículo Ford Courier.

Após colisão, a condutor da motocicleta estava consciente, já uma jovem de 21 anos que estava na garupa da mesma estava inconsciente. De prontidão as viaturas acionaram o resgate do Corpo de Bombeiros, para atendimento da jovem, que foi encaminhada até ao Hospital local, vindo a óbito.

Em conversa com os policiais, o condutor da motocicleta alegou que teria comprado a referida motocicleta em um leilão. Foi dado ao condutor voz de prisão e o mesmo encontra-se a disposição da justiça, onde responderá pelo crime de homicídio, haja visto que a garupa faleceu decorrente do acidente por ele causado.

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários